O que é gestão de desempenho e qual a sua importância, afinal?

6 minutos para ler
E-book desenvolver líderesPowered by Rock Convert

Você sabe o que é gestão de desempenho? É comum que esse termo seja confundido com a avaliação de desempenho. Ambas são ferramentas importantes dentro da gestão de pessoas e devem ser utilizadas pelos gestores com eficiência, para garantir a alta performance das equipes de trabalho.

No entanto, a gestão de desempenho é uma atividade bem mais ampla, da qual a avaliação é apenas uma das etapas. Ela leva em consideração que o desempenho dos colaboradores é estratégico para os resultados da empresa.

Neste artigo, vamos abordar o conceito de gestão de desempenho e explicar qual a sua importância dentro das organizações. Vamos entender como ela difere da avaliação de desempenho e como as duas se relacionam, além de mostrar as etapas para a elaboração de um modelo de gestão de desempenho eficaz. Acompanhe!

O que é gestão de desempenho?

o que é gestão de desempenho

Segundo o acadêmico da psicologia organizacional/industrial Herman Aguinis, a gestão de desempenho consiste em identificar, mensurar e desenvolver continuamente o desempenho dos colaboradores e equipes de trabalho, garantindo também o alinhamento desse desempenho aos objetivos estratégicos da organização.

A Gestão de Desempenho está vinculada principalmente ao desenvolvimento profissional dos colaboradores e direcionará práticas que auxiliarão na gestão de pessoas, como o estabelecimento de planos de carreira, política de cargos e salários, treinamentos e capacitações, que irão resultar em alta performance, trazendo resultados positivos para a organização.

Qual a importância da gestão de desempenho?

Para que uma organização alcance sucesso e um lugar diferenciado no mercado, precisa definir muito bem seus princípios, missão e metas, além de ter uma visão clara de onde deseja chegar. Assim, é possível traçar estrategicamente planos para alcançar seus objetivos.

É muito importante considerar que o alcance dos objetivos da empresa depende do desempenho de sua força de trabalho. O papel da gestão de desempenho é exatamente garantir que a organização alcance seus objetivos e até mesmo os supere. Com o acompanhamento constante do desempenho de cada trabalhador, sempre buscando melhorar sua performance e resolver os possíveis problemas de produtividade, as equipes de trabalho serão muito mais eficazes.

Uma boa gestão de desempenho ajuda a garantir o bom andamento da empresa, a satisfação do cliente e o desenvolvimento individual dos profissionais envolvidos em seus processos. A gestão de desempenho, portanto, é vital para a organização, na medida em que a competitividade da empresa no mercado está diretamente ligada ao desempenho de cada colaborador e, consequentemente, das equipes de trabalho.

Como montar um modelo de gestão de desempenho?

o que é gestão de desempenho

Para montar um modelo de gestão eficiente e eficaz, é muito importante ter atenção a todas as fases do processo. Seguir um planejamento bem estruturado é a chave para alcançar sucesso nas suas ações e melhorar continuamente o desempenho das suas equipes de trabalho.

Veja a seguir as etapas de um modelo de gestão de desempenho bem estruturado.

1. Construção

Para construir um Modelo de Gestão do Desempenho eficaz é preciso passar pela definição dos objetivos ou seja “Por que estamos fazendo um processo de Gestão do Desempenho?”. É preciso atentar para a definição das competências, do modelo de avaliação (360o, 180o ou 90o), das escalas de avaliação, da periodicidade da avaliação, do modelo de acompanhamento, plano de Desenvolvimento Individual ou Coletivo e o que fazer com os resultados da avaliação. Tendo o modelo de gestão definido, trabalha-se as Competência e Comportamentos.

2. Preparação

Logo após, é o momento de preparar os líderes e colaboradores para realizar a avaliação, dar e receber feedback e construir o CDI (compromisso de desenvolvimento individual), a fim de impulsionar o profissional a corrigir as suas falhas.

Quando falamos de preparação, significa colocar esses profissionais em uma sala e treiná-los. Não poderemos simplesmente mandar um e-mail para as pessoas e acreditar que elas estarão preparadas para realizar a avaliação.

3. Avaliação

Como parte essencial da gestão de desempenho, esse é o momento da avaliação dos colaboradores participantes do processo. Ela deve ser realizada seguindo metodologia previamente definida.

4. Análise de resultados

É o momento de verificar os resultados para, em conjunto com a empresa, apresentar um mapa da situação e definir planos de ação. O objetivo dessa etapa é analisar as respostas individuais e coletivas, além de discutir o quanto a avaliação está aderente às expectativas organizacionais.

5. Devolutiva (Feedback)

Essa é uma etapa muito importante para os avaliados e desafiadora para os líderes, pois vai exigir dos líderes um tempo de preparação para conversar com os seus funcionários, que muitas vezes estão esperando o ano inteiro para essa conversa. Por isso a importância do treinamento para os lideres sobre como dar feedback aos liderados e a metodologia de construção de CDI (Compromisso Desenvolvimento Individual).

6. Acompanhamento

Considerando que a gestão de desempenho é um processo contínuo, o propósito dessa etapa é acompanhar a evolução do avaliado a partir do que foi definido no seu compromisso de desenvolvimento individual (CDI). Assim podemos ajudar a aprimorar seus resultados e ter uma melhoria contínua no desempenho dos colaboradores.

Esse acompanhamento deve ser realizado entre o intervalo entre as avaliações, caso a avaliação seja anual, recomendamos que ocorram duas conversas entre líder e liderado nesse período.

Quais são os desafios da gestão de desempenho?

A gestão de desempenho é fundamental para o alcance dos objetivos organizacionais. Como qualquer outro processo de gestão, ela tem desafios que precisam ser superados pelos gestores responsáveis. Confira alguns deles abaixo e aproveite para se antecipar, deixando seu trabalho mais eficiente:

  • certifique-se de que o modelo de gestão esteja alinhado à cultura e aos objetivos da empresa;
  • mantenha uma regularidade de avaliações de acordo com o ritmo de mudanças conferidas ao negócio;
  • dê feedbacks em tempo hábil para que mudanças sejam efetuadas e as falhas individuais não prejudiquem o desempenho da equipe;
  • recompense seus colaboradores de forma personalizada, de acordo com as especificidades de cada um;
  • identifique e mantenha a regularidade necessária de treinamentos e acompanhamento dos seus resultados;
  • estabeleça metas palpáveis e mensuráveis, sempre alinhadas aos objetivos de longo prazo da organização.

Entender a essência e os caminhos da gestão de desempenho é fundamental para que ela traga bons resultados para a sua organização. É importante ter em mente que a performance do colaborador é vital para a organização e, assim, dar o devido valor a cada etapa e particularidade do processo.

Agora que você entende melhor o que é a gestão de desempenho e como aplicá-la na organização, que tal nos contar quais são suas dúvidas, desafios e experiências nessa área? Deixe seu comentário!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-
WhatsApp Fale conosco!