Onboarding nas empresas: confira os benefícios da sua aplicação!

onboarding nas empresas
4 minutos para ler

Chamamos de onboarding todo o conjunto de iniciativas usadas para integrar novos colaboradores em uma empresa. Basicamente, seu objetivo principal é colocá-los em sintonia com a estratégia, a cultura e os valores da organização desde o primeiro dia.

Trata-se de um processo fundamental para que esses profissionais se sintam parte da empresa, alinhando suas expectativas, além de apresentar as funções e tarefas a serem cumpridas, garantindo a produtividade.

Neste artigo, vamos falar um pouco sobre os benefícios do onboarding nas empresas e como implementá-lo de maneira eficaz. Vamos lá?

Quais são os objetivos do onboarding?

Sabemos que as primeiras impressões são impossíveis de se esquecer, e isso se aplica também às organizações. Justamente por isso, o primeiro objetivo do onboarding é deixar o novo colaborador confortável em seus primeiros dias de trabalho para que ele se sinta motivado a continuar ali.

Esse processo de integração, se eficaz, não apenas melhora a retenção de novos funcionários, mas também aumenta a sua produtividade. Afinal, ao se sentir bem-vindo, o colaborador internaliza facilmente os valores e características que compõem a cultura corporativa.

O onboarding é capaz de desenvolver o sentimento de pertencimento nos funcionários, aumentando sua confiança na empresa e favorecendo a harmonia entre as equipes — evitando, assim, conflitos e dificuldades de adaptação ao trabalho. O processo de integração, se eficaz, não apenas melhora a retenção de novos funcionários, mas também aumenta sua produtividade.

Como as corporações tem aplicado o onboarding?

As grandes corporações internacionais entenderam logo a importância desse processo e criam estratégias diferenciadas para receber seus colaboradores. Veja alguns exemplos:

treinamento ser líder - treinamento de liderançaPowered by Rock Convert
  • no LinkedIn, a missão é tornar o primeiro dia do colaborador uma experiência única, surpreendendo-o com presentes personalizados de acordo com sua função;
  • os recém-chegados ao Facebook passam algumas semanas em um campo de treinamento, onde aprendem suas novas funções e são agregados à cultura da empresa;
  • na Apple, os novos colaboradores ganham um iMac e uma camiseta que mostra o ano da sua chegada;
  • a Google acredita que receber com descontração ajuda seus novos talentos a se adaptarem melhor. Nessa chegada, cada colaborador ganha um chapel com a palavra Noogler (New Googler);

Como aplicar o onboarding nas empresas?

Para garantir a eficácia desse processo, alguns princípios devem ser seguidos. Vejamos, então, quais são eles!

Conformidade (compliance)

O novo colaborador deve estar familiarizado com todas as regras do seu novo local de trabalho. Essas normas são constituídas tanto pelas obrigações legais do trabalho quanto pelas normas de segurança ou conduta social da empresa, como regulamentos da política anti-bullying, por exemplo, e devem ser passadas a ele antes mesmo da efetivação do seu contrato.

Esclarecimento

Os novos funcionários também devem ser esclarecidos sobre o que se espera deles. Suas tarefas precisam ser especificadas em maiores detalhes, bem como os métodos de trabalho, técnicas, estratégias, máquinas ou softwares necessários. A duração dessa etapa de treinamento varia de acordo com as atribuições do profissional.

Cultura

Como dissemos, é importante favorecer uma imersão cultural ao novo trabalhador, à medida que ele aprende quais são os valores, a visão e a missão da empresa. Isso, inclusive, é algo de que todos os outros trabalhadores devem participar.

Conexão

Ainda há outro fator que não pode ficar de fora do onboarding nas empresas: a hierarquia social do local de trabalho. Cada organização têm seu próprio ambiente social, com um organograma de equipes e líderes — algo que o novo colaborador precisa entender e se integrar.

Por fim, depois de certo tempo é interessante pedir um feedback a esse funcionário para conferir como anda a sua adaptação. Assim, pode-se saber do seu relacionamento com os colegas de trabalho, sua adaptação às funções e tarefas e o que ele gostaria de mudar para melhorar o seu desempenho.

Receber colaboradores com todo esse cuidado é fundamental não apenas para que eles se sintam confortáveis com o novo ambiente e funções, mas, também, para que ele se sinta motivado a desenvolver o seu máximo potencial e agregar valor à organização. Por tudo isso, o onboarding nas empresas é, sem dúvida, uma estratégia certeira para garantir o sucesso das novas contratações.

Gostou do nosso conteúdo? Então, que tal compartilhá-los nas redes sociais para ajudar os seus colegas de profissão a ficar bem informados também?

E-book desenvolver líderesPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.

-
WhatsApp Fale conosco!